domingo, 9 de novembro de 2008

Meu vestibular: Tão radical, quanto pular de bungee jump!

Pela primeira vez pude entender o que é a "adrenalina do vestibular" que as pessoas tanto falam, mas ao contrário do que eu imaginava, essa sensação, não veio ao fazer a prova, e sim, alguns minutos antes.
Cheguei na casa da minha amiga as sete horas da manhã, de lá, iriamos chamar um táxi, e iriamos para o local do vestibular.Bom, pra começar, já eram sete e cinco, e a gente não tinha o número pra chamar o taxi! Tivemos que ir até um ponto, que ficava próximo, e por sorte, tinha um taxista lá. Quando entramos já era sete e vinte.Ok, tudo estava indo bem, e estávamos no tempo certo, chegariamos uns dez minutos antes de fechar o portao, pelos nossos cálculos, mas eis que quando estamos chegando perto, damos de cara com uma fila enorme de carros (devido as obras nas estradas, parabéns Beto Richa, por deixar o trânsito de Curitiba um caos!) e como se a fila não fosse o bastante, na nossa frente tinha um caminhão de lixo, cagando mais ainda o que já estava cagado, pois bem, é justamente ai que começa a "adrenalina"!
O tempo ia acabando, e a cada minuto um de nós três olhavamos no celular e ficavamos contando os minutos (estávamos em três, eu, minha amiga e uma amiga dela, a Laura).
Dez minutos, nove, oito... CINCO! Quando vimos que estava faltando tão pouco tempo, e nós ainda estavamos na metade da fila, já estávamos com o coração saindo pela garganta. A Laura já começou: "Ai meu Deus, não vai dar tempo!","Ai meu Deus, sem chance!", "Minha mãe vai me matar se eu perder o vestibular!" eu e a minha amiga Rayane, acalmando "Nãoo, pensamento positivo, vai dar tudo certo!", mas apesar de estar falando isso, eu também estava com o "cu na mão".Derrepente, bem como que por mágica, aquela bendita fila, começou a andar rapido, e finalmente pegamos a via de acesso pro local das provas. - "Onde eu deixo vocês?" - disse o taxista - "Ai, pode deixar em qualquer lugar! Deixa aqui no portão mesmo!" os três falando o mesmo texto.Ok, ufa, conseguimos entrar! Estavamos lá dentro, a procura dos nossos blocos, e ali, ninguem poderia nos tirar do campus... Mas poderiam nos barrar nos blocos! Eu e Rayane éramos do bloco cinco, e Laura do bloco quatro, que já tinhamos achado...Derrepente começam a gritar - "Corre que vai fechar!" Puta que pariu! Eu e a Rayane correndo igual uns loucos, procurando o bloco cinco, nunca ia dar tempo. No meio do caminho um fiscal veio perguntando de qual bloco eramos, eu só abri a mão, sinalizando "cinco", ele grita "CORRE PRO QUATRO, CORRE PRO QUATRO, SE NÃO, NÃO VAI DAR TEMPO!" ...Corremos pro bloco quatro, e chegamos lá esbaforidos de tanto correr, e pensando "Pronto, estamos fudidos!". Eis que liberam quem está no bloco errado, pra ir pro bloco certo...Lá vamos nós, correr de novo! Na frente do bloco cinco, tinha uma multidão de gente - provavelmente pais, esperando seus filhos - olhando os atrasados entrarem, com cara de "ixi".
Lá dentro do bendito bloco cinco, tinha gente filmando - sim, aparecemos na TV, estou com o pé na fama, agora - subimos, pedimos ajuda dos fiscais pra acharmos nossas salas. Me separei da Rayane, em um determinado momento, pois nossas salas eram em direções diferentes.
"Subi e desci, mas nunca te esqueci, subo e desço, e nunca te esqueço". Esse versinho de agenda, de menina da quinta série, pode ser aplicada a minha jornada em busca da minha sala, apenas fazendo a substituição do verbo "esquecer" pelo verbo "achar".Depois de algum tempo, achei um fiscal bonzinho, que me levou até minha sala, onde já estavam entregando as provas - fui o ultimo a entrar - E foi ai que finalmente terminou a minha famosa "adrenalina do vestibular"!
Claro que depois de todo esse sufoco, agente riu, falou muita besteira, e se ferrou mais um pouco, ficando horas na fila da cantina, por exemplo! Foi ótimo, mas eu não faria, e não farei de novo, e aconselho as pessoas que estiverem lendo isso, que não façam também! hahaha.

6 comentários:

Elessa­ disse...

graças a vc Tih, agora sei q melhor ir de bicicleta doq de táxi.. ;o

Juliana disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
imagina s eu tivesse com vcs...nem estaria nervosa né?
asuahashauuashuahuahusauhshaushu

ai ai...XD pelo jeito foi divertido , apesar de tudo xD

hunf...ficaram hooooooooooras se atrasando também...(@@)logo..se atrasaram várias vezis (@@)
dá próxima de uma tamancada no taxi p ele ir mais rapido...
=*

Gustavo Miranda botadentro@ymail.com disse...

sem chances de o senhor ser jornalista se não fizer essa maratona de prova.... boa sorte, porque vc já fez uma boa prova!

Rodrigo disse...

Aiai bee, bem-vindo ao mundo dos vestibulandos...^^...

Jéssica R. S. disse...

eu sou daquelas que ao contrario de voces, chego bem antes de tudo, haha aposto que se eu tivesse nesse taxi, pegava o volante e voava por cima dos carros... ou eu nem iria estar, pois como ja disse sou adiantada ao ultimo, o que eu iria era ficar nervosa no local da prova esperandu voces chegarem... haha beijos

Carol Shinoda disse...

kkkkkkkkkkk q loco!!!!!!! graças a Deus eu ainda cheguei meia hora antes , ufa e a hora que eu xeguei não axava meu nome na lista, na verdade, nem sabia onde era o local da prova, meu pai foi conigo e demorei pra achar mei nome, que estava do outro lado (e nem sabia q tinha outra parte) de onde eu estava, Graças a Deus axei e fiz a prova, mas sai com uma dor de cabeça!!!!!